Considerações sobre o método da Rotina de Meditação nos Chakras

consideracao-meditacao-chakras-rotina-fundamentos

Einstein com a fórmula E=MC² revelou a relação direta entre massa e energia e a física quântica veio para desconstruir a visão materialista. Hoje não soa mais fantasioso falar sobre frequência energética como estrutura do mundo perceptível. Tais frequências se refletem no estado e na cor daquilo que é percebido pelos sentidos. Esses efeitos acessam determinadas zonas do cérebro e plexos nervosos correlatos.

Não quero, com esses argumentos, apresentar o método trântrico como algo científico, apenas tirar o peso esotérico e fantasioso que gira em torno dele.

Entrei em contato com esse método durante a formação em yoga, mas na época não dei muita importância, justamente por achar esotérico demais, além de ter dificuldade de acessar emoções e fazer visualizações.

Associado a esses estímulos, as meditações apresentam chaves de conhecimento capazes de alterar substancialmente certos aspectos da nossa personalidade no sentido de promover um amadurecimento existencial.

Você não se tornará uma pessoa perfeita, idealizada. Não é isso. A proposta é despertar sua capacidade de ser inteiro, sem conflitos entre sua potência de pensar e agir e suas limitações através da apreciação de uma Ordem Universal que inclui você do jeito que é.

Esse estado, além de desejável é a base para o caminho que nos leva a uma grande descoberta em relação a felicidade, essa mesmo que experimentamos de forma passageira no contato com objetos, pessoas e situações.  Ela está mais próxima e mais disponível do que imaginamos.

Boa rotina de meditações!
Abraços e Harih Om!
Gilberto Schulzdepoimento-efeitos-do-yoga

Anúncios