Dica | Yoga no dia-a-dia-: Disciplina para lidar com a dependência tecnológica

detox-tecnológico-yoga-tapasFaz parte de uma vida de Yoga a prática de tapas. Tapas é uma palavra sânscrita que significa calor, mas no presente contexto costuma ser traduzida como austeridade ou disciplina. Costumo dizer que tapas é um “uso consciente da força de vontade tendo em vista um objetivo”. Segundo Patañjali, tapas destrói a impureza e então há o comando sobre o corpo e os órgãos de sentido.

Como e por quê?

Essa prática é fundamental para o desenvolvimento no Yoga e serve tanto para verificar o grau de dependência em relação a algum hábito, como também para aumentar nossa força de vontade e nos tornarmos capazes de estabelecer consciente e inteligentemente novos hábitos.

Ela pode ser aplicada de diversas maneiras e deve se adequar de modo que não seja prejudicial de forma alguma. No intuito de apresentá-la a vocês de modo simples e, ao meu ver, pertinente, seguem algumas sugestões de tapas relacionados a um hábito atual, comum e em grande medida, necessário a praticamente todos nós: o uso de dispositivos tecnológicos conectados à internet.

Na primeira vez que coloquei em prática um tapas parecido com esse descobri que alguns hábitos corriqueiros associados ao uso da internet consumiam meu tempo mais do que eu imaginava. Também verifiquei, nos dias em que aplicava essa disciplina, que apesar de sentir um certo desconforto inicial, que é natural e até esperado, experimentei uma sensação de liberdade ao perceber uma série de novas possibilidades se descortinarem diante de mim por conta do espaço criado não só no tempo, sobretudo na mente.

Tapas aplicado à dependência tecnológica

Se você acessa redes sociais, e-mail, whatsapp ou equivalentes todos os dias, estabeleça um ou mais dias da semana para não acessar um deles ou todos.

Ou  então estabeleça um horário específico para utilizá-los.

Ao decidir aplicar a disciplina, estipule um período para ela e se comprometa a realizá-la.

Pode ser por duas semanas, um mês ou mais, o importante é que não seja nem muito fácil, nem muito difícil.

Se você faz uso deles numa frequência menor, estabeleça um período maior seguindo a lógica de que seja desafiante, mas realizável e não comprometa assuntos relevantes.

Se você usa de forma extremamente moderada e funcional tais dispositivos, essa proposta talvez não sirva para você, mas você pode pensar em aplicá-la em outro hábito. Seguem algumas possibilidades: meditar todos os dias por um mês, ficar sem falar, sem comer chocolate ou sem ingerir café por um período pré-estabelecido etc.

Exemplos

  1. A partir dessa semana, não acessarei nenhum dispositivo conectado à internet às sextas e farei isso por 4 semanas seguidas.
  2. Ficarei sem acessar as redes sociais durante a semana e sem acessar o e-mail no final de semana por 1 mês.
  3. Acessarei as redes sociais, e-mail e what’s up somente depois das 18h até às 21h e farei isso por 3 semanas seguidas.

São apenas alguns exemplos para que você possa ter uma ideia de como aplicar essa proposta. Pense na melhor forma de realizá-la de acordo com suas possibilidades e descubra um espaço no tempo e na mente que poderão ser preenchidos de forma mais criativa e benéfica para sua vida.

Om
Gilberto Schulz

Anúncios

2 Respostas para “Dica | Yoga no dia-a-dia-: Disciplina para lidar com a dependência tecnológica

  1. Desafio aceito! O uso indisciplinado da internet já afetou a minha vida pessoal e profissional, fazendo com que eu perdesse muitas oportunidades de fazer o meu melhor. A dica é bem simples, gostei bastante da matéria! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s